Início > Uncategorized > GP da Europa/Valencia F1 – O Prêmio á quem Trabalha

GP da Europa/Valencia F1 – O Prêmio á quem Trabalha

É Amigos, Vimos hoje em Valencia na Espanha um grande GP de F1 e os treinos ja mostravam o que seria á tonica da corrida uma McLaren forte com Lewis Hamilton a Brawn depositando todas as fichas em Rubens Barrichello, e uma equipe Red Bull mal das pernas.

A Corrida

No começo pareceu que seria mais uma daquelas corridas em que Rubens Barrichello ia nadar e morrer na praia, o fraco piloto da McLaren Heikki Kovalainen controlava á vantagem que tinha sobre Rubens, até que a competencia de Rubens começou á aparecer e foi ajudada pelo desgaste dos Pneus macios dos pilotos McLaren, Rubens começou á andar no mesmo ritmo deles e após algumas voltas ja virava mais rápido que os pilotos da McLaren, veio o Pit Stop e Rubens ficou bem próximo á Lewis Hamilton graças as voltas de classificação que fez com pista Livre.

Rubens trocava voltas mais rápidas com Hamilton até o 2º Pit Stop, Onde numa lambança digan das de Ferrari com o próprio Rubens e com Massa, Lewis perdeu quase 3 Segundos á mais nos Boxes e confortavelmente Rubens fez excerlentes voltas e voltou com boa margem e até antecipou em 4 voltas á previsão de Parada.

Dai em diante foi só administrar Rubens continuava á trocar voltas mais Rápidas com Lewis mas a diferença estabelecida e a forma limpa de condução de Rubens não deram chance ao campeão Mundial Lewis Hamilton.

O Vexame da Ferrari

A Ferrari pagou um alto preço por ter colocado Luca Badoer pra guiar o seu carro, ele foi uma das maiores piadas que ja se presenciou na F1 totalmente nervoso, sem o controle do carro, levou ultrapassagem na area da saída dos boxes, pisou na linha, enfim. Ele havia vencido as 24 Horas de Le Mans recentemente. Porém ele ja não pilotava um F1 há mais de 10 anos e jamais pontuou tendo passado por equipes pequeninas da F1 como Scuderia Italia (Chassis Lola) , Minardi e Forti Corsi, onde conseguiu um 7º Lugar seu melhor resultado, tendo em vista que em 99 no GP da Europa (só que em Nurburging na Alemanha) estava em 4º Lugar quando quebrou abandonando a prova.

Enfim. UM PAPELÃO a corrida de Luca Badoer.

E a Ferrari terá de pensar muito bem se irá manter um piloto que não pilotava há 10 anos em corridas, tempo em que os carros evoluiram muito.

Badoer ja tem 38 anos não tem mais tempo de reaprender á guiar um F1.

Pilotos Bons é o que não faltam.

Anúncios
Categorias:Uncategorized
  1. Carlos Araújo
    agosto 24, 2009 às 4:34 am

    Mesmo que a Mclaren não errasse no pit stop eu diria que o Rubinho venceria ainda. Hoje era o dia dele.

    E eu realmente esperava mais do badoer, mesmo. Não muito, mas pelo menos terminar a frente de alguém.

    A Ferrari vai com ele de novo pra SPA e se não melhorar, pois já conhece bem a pista, acho que eles trocam pelo Marc Gené. Mãããs eu acho que as melhores opções no mercado são os recem demitidos Nelsinho Piquet e Sebastian Bourdais, principalemnte por estarem em forma e já conhecerem os carros desse ano.

  2. Murillo
    agosto 24, 2009 às 10:12 am

    Parabens pro Rubinho.Conseguiu ganhar uma corrida!

    E GRANDE FERRARI!!!!!Badoer é Genio[Ironic]

  3. Adriano Garcia
    agosto 24, 2009 às 3:29 pm

    Olha…

    Por que não chamam o Vitantonio Liuzzi..O Rapaz é Italiano CONHECE os carros atuais de F1 pilotou um Toro Rosso recentemente…

    Marc Gene e Luca Badoer eram pilotos principais há 10 anos atrás…Muitas evoluições ocorreram na F1 e eles não tem condições de representar bem a Ferrari.

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: