Início > NBA > NBA- Pré-temporada

NBA- Pré-temporada

NBA chega a acordo com árbitros e pode por fim à greve

Na noite desta terça-feira uma reunião pode ter colocado fim a greve dos árbitros na NBA. Um acordo de dois anos teria sido acertado entre o Sindicato dos Árbitros e a NBA, na cidade de Nova Iorque, o que faria que os árbitros “titulares” retornem às quadras na abertura da temporada regular da liga, no dia 28 de outubro.

“Eu acho ótimo. Queremos eles de volta”, disse Billy Hunter, diretor da associação de jogadores.
De acordo com o jornal The New York Times, participaram da reunião o comissário da NBA, David Stern, e o advogado do sindicato, Lamell McMorris.

Desde o início da pré-temporada, a NBA tem utilizado árbitros substitutos, o que tem causado elogios e criticas pesadas de algumas franquias.

Recentemente, os técnicos do Orlando Magic, Stan Van Gundy, do Charlotte Bobcats, Larry Brown, e o do Memphis Grizzlies, Lionel Hollins, foram multados por criticarem abertamente as atuações dos árbitros substitutos.

Minessota Timberwolves

Al Jefferson continua fora, por contusão

O ala-pivô do Minnesota Timberwolves Al Jefferson continua sofrendo com uma tendinite no tendão de Aquiles e permanecerá fora da equipe por tempo indeterminado. O atleta não participou do treinamento da equipe da última terça-feira.

De acordo com o porta-voz da equipe, Mark Rosenberg, Jefferson também luta contra uma gripe e não sabe quando retornará às quadras.

O atleta abandonou a partida de sábado contra Milwaukee Bucks por causa da lesão e desde então não treina normalmente.

Recentemente, Jefferson passou por uma cirurgia para reparar um ligamento cruzado do joelho direito e ficou fora de alguns jogos da última temporada.

Detroit Pistons

Richard Hamilton rebate boatos e nega saída dos Pistons

O armador do Detroit Pistons Richard Hamilton negou nesta terça-feira os rumores de que pode ser trocado pela franquia e enfatizou o seu desejo de encerrar a carreira na equipe de Michigan.
“Nós ouvimos os nossos nomes envolvidos em trocas o tempo todo. Tudo o que podemos fazer é jogar”, disse Hamilton ao jornal Detroit News.

Os boatos sobre uma provável saída de Hamilton começaram a surgir principalmente após a chegada do armador Ben Gordon, que estava no Chicago Bulls. O atleta afirmou estar motivado para a próxima temporada da NBA e que pretende fazer de tudo para alcançar o título novamente.

“Cara, eu olho as bandeiras no topo do ginásio e penso que a única para chegar lá e de ganhar campeonatos é ganhando jogos. Ganhamos um campeonato. Eu fiz isso. Agora minha tarefa é vencer o outro e ser o melhor jogador que posso ser”, disse Hamilton.

Cleveland Cavaliers

Cavs anunciam dispensas

O Cleveland Cavaliers anunciou nesta segunda-feira a sua primeira lista de cortes da pré-temporada e dispensou o ala Rob Kurz e o pivô Lucas Nevill.

Na última temporada, Kurz atuou em 40 jogos pelo Golden State Warriors. Na pré-temporada, atingiu médias de 3,4 pontos e 2,0 rebotes em cinco jogos.

O novato Nevill, que foi trazido do Utah Jazz por ter um porte físico avantajado para poder enfrentar Shaquille O’Neal nos treinamentos, teve médias de 2,8 pontos, 1,8 rebotes e 8,8 minutos em quatro partidas.

Agora, os Cavs estão com 18 jogadores no plantel para a temporada 2009/10 da NBA.

Los Angeles Lakers

Psicólogo ajuda Artest a controlar o ego nos Lakers

Para não atrapalhar a paz no Los Angeles Lakers, o ala Ron Artest decidiu procurar, no final da última temporada, um psicólogo, especialista em atletas, para controlar o seu comportamento explosivo.

O jogador pretende controlar a sua raiva e esquecer o ego para tornar-se um bom companheiro de equipe. “Muita gente diz que eu preciso de um terapeuta, mas todos os meus problemas estão na quadra. Costumava odiar tanto as derrotas, achei uma maneira de aceitar isso com as sessões”, disse Artest.

O atleta acredita que melhorou o seu comportamento e que o psicólogo o ajuda a tornar-se um companheiro de equipe melhor. “Alguns anos atrás, era um péssimo colega de equipe. Estou procurando a resposta, a resposta lógica, para meu ego não tomar conta e não ser maior do que o time”, afirmou Artest.

Apesar do passado repleto de confusões e brigas, os Lakers decidiram contratar Artest e para o técnico do Los Angeles Clippers, Mike Dunleavy, a troca de Ariza por Ron Artest pode trazer riscos para a os atuais campeões. “Foi uma troca volátil. Ariza era positivo para eles, Artest pode passar do ponto”, analisou.

Atlanta Hawks

Hawks dispensam dois armadores

O Atlanta Hawks reduziu a sua lista de jogadores para a próxima temporada da NBA nesta quarta-feira. A franquia decidiu liberar os armadores Juan Dixon e Mike Wilks e agora possui 16 atletas confirmados para a próxima campanha.

Dixon atingiu média de nove pontos durante os três jogos em que participou na pré-temporada. Já Wilks marcou apenas dois pontos em três jogos.

Os Hawks possuem Mike Bibby, Joe Johnson, Mo Evans e Mario West para as posições de armador e ala-armador. A equipe ainda contratou Jamal Crawford e draftou Jeff Teague durante a pós-temporada.

Charlotte Bobcats

Bell pode passar por cirurgia

O ala-armador do Charlotte Bobcats Raja Bell agravou a lesão que possui no pulso esquerdo durante a vitória por 94 a 87 de sua equipe sobre o Milwaukee Bucks nesta terça-feira.

O atleta possui um ligamento parcialmente rasgado no pulso esquerdo e terá que decidir se vai passar ou não por uma cirurgia para corrigir o problema. Caso ele decida fazer o procedimento
cirúrgico, ficará fora das quadras por até quatro meses.

Bell se lesionou quando seu pulso dobrou em uma disputa de bola durante a partida contra o Utah Jazz, no domingo.

“De maneira como eu entendi, a cirurgia me deixaria de seis a oito semanas com um molde de alfinetes no pulso e mais seis ou oito semanas para a reabilitação”, disse Bell.

Existe a possibilidade de o atleta das Ilhas Virgens passar por um tratamento rigoroso, o que evitaria a cirurgia, mas ele só vai anunciar a decisão quando receber uma segunda opinião.

“É muito decepcionante para mim. Eu estava ansioso para entrar em quadra e fazer uma BA temporada, sem lesões. É um grande revés para mim”, lamentou Bell.

O atleta finalizou ao dizer que tomará a decisão que a equipe achar melhor por causa do seu compromisso com a franquia.

“Nós estamos tentando descobrir qual o melhor tratamento para mim. Mas, obviamente, eu tenho uma responsabilidade com os Bobcats. Você tem que encontrar uma situação que funciona para todo mundo”, concluiu.

Los Angeles Clippers

Primeira escolha do Draft dá show

Escolhido pelo Los Angeles Clippers na primeira posição do último draft da NBA, Blake Griffin vem cumprindo o que se espera dele na pré-temporada. Nesta terça-feira, o jogador, que já foi chamado de “monstro” pelo técnico do San Antonio Spurs, Gregg Popovich, marcou seu segundo double-double em seis amistosos realizados.

Recebendo o time israelense Maccabi Tel Aviv na última noite, os Clippers não tiveram muitas dificuldades para ganhar por 108 a 96. Novamente, Griffin se destacou ao converter seis chutes em sete tentativas e somar 13 pontos e dez rebotes no total. Grande revelação, o ala-pivô coleciona médias na pré-temporada que se aproximam de um double-double, com 14,1 pontos e 8,5 rebotes.

A partir de tanta consistência, o atleta de 20 anos já assumiu a condição de titular dos Clippers e é a principal esperança da equipe para ignorar a 14ª posição da Conferência Oeste obtida em 2008/09. Nas seis partidas de exibição da qual ele participou até aqui, a franquia perdeu apenas uma, diante dos Lakers. Nesse período, o jovem brilhou mais contra os Spurs – em 14 de outubro, colecionou 23 pontos e sete rebotes e viu o experiente técnico rival, Popovich, definir sua atuação como “monstruosa”.

Frente ao Maccabi nesta terça, Griffin nem foi o principal destaque do time californiano. O posto coube ao pivô Chris Kaman, autor de 18 tentos, e ao armador Sebastian Telfair (15). Este último, em todo caso, não teve como fugir das perguntas sobre o novato após a boa exibição. “Quando estivemos em San Antonio, era ele quem assinava autógrafos para os fãs. Ele tem ouvido bastantes conselhos dos outros jogadores e, quando mais você ouve, mais fácil será”, avaliou Telfair ao jornal Los Angeles Times.

Jogos da pré-temporada

Leandrinho comanda dia brasileiro na pré-temporada

A jornada da pré-temporada da NBA na noite desta terça-feira foi toda brasileira. Com vitórias de Phoenix Suns, Cleveland Cavaliers e Denver Nuggets, os três canarinhos que fazem parte da liga ganharam dentro de casa, com destaque para Leandrinho Barbosa, autor de 16 pontos.

Maior pontuador do grupo nacional, Leandrinho esteve impecável nas tentativas para três pontos, tendo acertado os dois chutes arriscados e ajudado os Suns a baterem o Sacramento Kings por 143 a 127 – o jogo chegou à casa dos 270 pontos mesmo sem prorrogação. Perfeito também nos seis lances livres que teve à disposição, o ala-armador distribuiu ainda cinco assistências.

Após começar no banco de reservas, ele atuou por 22 minutos também em função da contusão de Steve Nash, que deixou a quadra no segundo tempo com uma lesão no tornozelo direito. Ainda não foram divulgados mais detalhes sobre as condições físicas do canadense, cuja presença desde já é duvidosa para a abertura do campeonato, marcada para 28 de outubro contra o Los Angeles Clippers.

Os Suns, que se despediram da torcida na atual pré-temporada da NBA, ainda têm mais um amistoso antes de iniciar oficialmente sua nova campanha: visitam o Portland Trail Blazers nesta quinta-feira, quando esperam melhorar o rendimento do sistema defensivo. No ataque, além de Leandrinho Channing Fyre, com 29 pontos, e Amare Stoudemire, com 27, também se destacaram.

Varejão e Nenê

Acompanhando o ala-armador, Anderson Varejão e Nenê Hilário também venceram nesta terça. Entre os dois, o melhor foi o primeiro, que se aproximou de um double-double (dois dígitos em dois fundamentos) com 12 pontos e nove rebotes, importantes no marcador de 96 a 66 imposto pelo Cleveland Cavaliers sobre o Dallas Mavericks.

No passeio em casa dos Cavs, o cestinha foi o armador Mo Williams, com 16 pontos. Limitado a 12 em 26 minutos, LeBron James só converteu três de 13 chutes e esteve longe do brilho costumeiro. Shaquille O’Neal viveu cenário parecido e finalizou a partida com seis pontos e sete rebotes.

Em Denver, os Nuggets aplicaram 129 a 100 sobre o Minnesota Timberwolves. Novamente titular, Nenê permaneceu em quadra por 21 minutos e teve um rendimento discreto, com oito pontos e seis rebotes. O posto de melhor jogador desse confronto coube a Carmelo Anthony, autor de 24.

Análises do dia:
New Jersey Nets

O time da divisão do Atlântico concorre no máximo a uma vaga nos playoffs. A situação dos Nets não é das melhores, mas também não é desesperadora. O time perdeu, nos últimos 2 anos, seus 3 melhores jogadores, Jason Kidd, Vince Carter e Richard Jefferson. A maior contratação para essa temporada foi Rafer Alston, vindo dos Rocktes

Nets Roster:

Destaques:

Os Nets contam com o ótimo armador Rafer Alston, também, em seu plantel, contam com o chinês Yi Jianlian. Juntos eles podem trazer algumas alegrias aos torcedores do New Jersey
New Orleans Hornets

O time da cidade do Jazz tenta repetir o feito de dois anos atrás, onde encantou os torcedores com um basquete vistoso e vencedor. Apesar de algumas perdas, entre elas o pivô Tyson Chandler, o time fez boas contratações, como o bom pivô Emeka Okafor. A expectativa para os Hornets é uma final de conferência.

Hornets Roster



Destaques
:

A inteligência de Chris Paul e os arremessos precisos de Peja Stojakovic aliados a força defensiva de Emeka Okafor e a experiência de James Posey podem fazer dos Hornets, um time vencedor.

New York
Knicks

Os Knicks perderam para essa temporada Stephon Marbury, que tirou essa temporada de férias, o New York não trouxe nenhum nome de peso para suprir essa ausência, desagradando parte da fanática torcida. Os Knicks, hoje, não são mais uma potência do Leste, mais ainda impõe respeito.

Knicks Roster



Destaques:

Bons jogadores fazem parte do elenco dos Knicks, Larry Hughes, David Lee, Cuttino Mobley, Jared Jefries, Al Harringnton e Darko Milicic, mas valores individuais não são tudo para um time de basquete e os Knicks devem ter isso em mente para alcançar algo mais.

Oklahoma City
Thunder

Criado em 2008 para substituir o Sealttle SuperSonics, o Oklahoma vem para sua segunda temporada sem grandes expectativas, sabem que entrar nos Playoffs logo em sua segunda temporada na liga é quase uma utopia, porém o Thunder fez contratações como Kevin Ollie e Malik Rose, jogadores experientes para mesclar com os jovens talentos

Thunder Roster:

Destaques:

O Oklahoma conta com Kevin Durant, primeiro escolhido do draft há duas temporadas, também joga Malik Rose e seus 13 anos de NBA e jovens talentos, que são a principal aposta do Thunder para as próximas temporadas.

Anúncios
Categorias:NBA
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: