Início > Basquete > Campeonato Paulista de Basquete, segundo turno começa com surpresa

Campeonato Paulista de Basquete, segundo turno começa com surpresa

CAMPEONATO PAULISTA


Assis ignora torcida e boa fase do Paulistano e vence os Líderes

O líder do Campeonato Paulista masculino Paulistano/Amil realizou uma de suas piores partidas no ginásio Antônio Prado Júnior, na Capital, e acabou derrotado nesta quinta-feira pelo Assis, por 86 a 83, perdendo assim a chance de disparar na liderança da competição estadual.

O Paulistano segue no topo da tabela graças a derrota do Franca, que mesmo atuando em casa, foi superado pelo São José por 71 a 59. A equipe da capital soma agora 32 pontos ganhos, com 13 vitórias e seis derrotas.

Em outras partidas pelo Paulista, o Palmeiras/Araraquara bateu o Americana, em casa, por 89 a 82. Já o Rio Claro foi superado pelo Pinheiros por 91 a 81, atuando no interior.

Já no início do jogo desta quinta, sem encaixar a defesa e o ataque, o Paulistano foi surpreendido com o início do Assis que chegou a fazer 16 a 2, obrigando o técnico pedir tempo e exigir uma marcação pressão a quadra toda. A modificação deu resultado. A equipe passou a frente com três pontos de Dedé e terminou com nove pontos na frente no intervalo.

No terceiro período os erros voltaram e aos poucos o Assis foi diminuindo, passou na frente com três pontos de Thomas no final do terceiro período até chegar a vitória por três pontos.

O pivô Baby, com 22 pontos e quatro rebotes e Dedé, com 18 pontos e três assistências foram os destaques do Paulistano. Já Borders, com 27 pontos e Ricardo Giannechini, com 24 pontos, de Assis, foram os cestinhas do jogo.

Após a derrota no Paulista, o Paulistano dá uma pausa no campeonato regional e tem dois compromissos pelo NBB. A equipe faz a estréia no domingo, às 11h, contra o Minas Tênis. Um dia depois, às 19h, joga contra Brasília, atual vice-campeão nacional.

Bauru dá show diante de sua torcida e entra de vez na luta pelo Paulistão

A torcida que compareceu ao ginásio da Luso, quarta à noite, viu dois times do GRSA/Itabom em quadra. Um nos dois primeiros quartos e outro nos dois últimos. Depois de perder o primeiro quarto por um ponto e encontrar enorme dificuldade para ganhar o segundo também por um ponto, a equipe “acordou” e se impôs sobre Sorocaba. No final, a vitória veio por quase 30 pontos de diferença: 96 a 68. Assim, a equipe comandada pelo técnico Guerrinha segue firme entre os quatro melhores do Campeonato Paulista e, agora, ocupa a quarta colocação, com 29 pontos, e dois jogo a menos que o líder Paulistano, que tem 32.

O cestinha da partida foi o ala Eddy, do Bauru, com 30 pontos. Porém, o trabalho coletivo do time foi o diferencial. O GRSA/Itabom teve quatro jogadores pontuando em dois dígitos. Além de Eddy, o ala/armador Larry Taylor (15 pontos) e os alas Alex (14 pontos e seis rebotes) e Fischer (15) atingiram a marca. O armador Soriani ainda anotou nove pontos. Por Sorocaba, o melhor foi Fernando, com 20 pontos. O próximo compromisso do GRSA/Itabom é no domingo, às 11h, fora de casa, contra Araraquara, na estréia no Novo Basquete Brasil. Pelo Estadual, o time volta a jogar contra Pinheiros, na próxima quarta-feira, às 20h, em Bauru.

Jogo

Sorocaba saiu na frente, na Luso. No ataque seguinte, Fischer virou, com cesta de três pontos. Na primeira parcial, após a cesta de Fischer, Sorocaba se aproveitou de dois ataques malsucedidos do GRSA/Itabom e fez 8 a 3. Guerrinha parou o jogo, o time melhorou a postura e foi tirando a diferença aos poucos. A 2min32s do final do quarto, Larry diminuiu para um ponto (16 a 15). O mesmo Larry empatou o jogo no lance seguinte, cobrando lance livre. Eddy virou, em 18 a 16, mas Sorocaba reagiu no finalzinho e ganhou o período por 21 a 20.

No segundo quarto, o jogo seguiu equilibrado. O GRSA/Itabom não se encontrava e acabava se precipitando nos ataques, com arremessos desequilibrados ou deixando de trabalhar a bola. O time ainda sofria nos rebotes. Na metade da parcial, os times erraram demais e passaram vários ataques sem conseguir pontuar. Nos minutos finais, as equipes passaram a se alternar à frente. Faltando seis segundos para o término do quarto, Bauru perdia por dois pontos e Sorocaba cometeu violação no ataque. Com a posse de bola, Alex empatou e sofreu falta. No lance de bonificação, pôs o time à frente.

A dificuldade encontrada pelo GRSA/Itabom até aquele momento do jogo ficou nos vestiários. De volta à quadra, a equipe “despertou”. Com melhor qualidade e novo empenho, passou a dominar o jogo. Em pouco mais de seis minutos abriu 60 a 49. Com o jogo sob controle, a equipe manteve a boa vantagem e terminou a parcial vencendo por 71 a 60. O quarto final foi um passeio. Ficou nítida a diferença entre um time que briga pela liderança e outro em posição intermediária na tabela. Sorocaba fez três pontos e parou. Ficou 7min30s sem pontuar. Enquanto isso, defendendo com agressividade e contra-atacando, o GRSA/Itabom ganhou o jogo por 96 a 68.

Anúncios
Categorias:Basquete
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: