Início > NBA > NBA, Suns perdem invencibilidade, Nenê Brilha e Iverson reclama

NBA, Suns perdem invencibilidade, Nenê Brilha e Iverson reclama

Orlando mostra força e derrota Suns

d12

O Orlando Magic recebeu, na noite desta quarta-feira, o até então invicto, Phoenix. O time da casa jogou bem e conseguiu arrancar a primeira derrota do time de Steve Nash, reafirmando a todos que são favoritos ao título.

Sempre maior reboteiro de sua equipe, desta vez o pivô Dwight Howard não foi o melhor no fundamento, mas terminou como cestinha do jogo, com 25 pontos. O companheiro de garrafão de Howard, Ryan Anderson, conferiu mais 20, além de dez rebotes.

Pelo time visitante, que não teve Leandrinho mais um vez, lesionado, Amare Stoudemire se destacou com 25 pontos e 14 rebotes. O ala Jared Dudley saiu do banco dos Suns para anotar mais 17 tentos.

Defendendo sua invencibilidade na NBA, o Phoenix Suns partiu com tudo para cima do Magic, mas a equipe local venceu o primeiro quarto por 29 a 25. No período seguinte, equilíbrio maior ainda, e novo triunfo da equipe de Orlando, por 29 a 27.

Nos segundo tempo o Magic conseguiu imprimir um ritmo ainda mais forte, e os Suns não acompanharam. Assim, o time da Flórida voltou a vencer na temporada. Ambas as equipes computam quatro triunfos e uma derrota.

Nesta sexta-feira, o Orlando Magic volta às quadras para enfrentar o Detroit Pistons, diante de sua torcida. No mesmo dia, o Phoenix Suns sai para encarar o Boston Celtics.

 

 

Nenê é eleito jogador mais eficiente da rodada e ajuda Denver a manter invencibilidade

nene5

O Denver Nuggets manteve os 100% de aproveitamento na temporada 2009/10 da NBA. Com mais uma boa atuação do pivô brasileiro Nenê, que marcou 16 pontos nos 30 minutos que ficou em quadra, a equipe do Colorado passou fácil pelo New Jersey Nets, mesmo atuando fora de casa, e venceu seu quinto jogo seguido por 122 a 94.

Nenê foi o jogador mais eficiente na rodada, segundo as estatísticas da NBA. Além de 16 pontos, ele anotou nove rebotes e deu quatro assistências. Totalizou ainda três tocos e dois roubos de bola na partida.

Outro destaque dos Nuggets na partida – vencida apenas no segundo tempo, depois de os dois primeiros quartos terem sido muito equilibrados – foi o armador Ty Lawson, que mesmo começando como reserva, foi o principal pontuador do confronto com 23 tentos. Em seguida veio o ala Carmelo Anthony, com outros 22 pontos para o time de Denver.

Nas outras duas partidas que abriram a rodada da noite desta quarta-feira na NBA, o Toronto Raptors, jogando no Canadá, venceu o Detroit Pistons por 110 a 99; já o Miami Heat, com nada menos que 40 pontos da estrela Dwyane Wade, passou pelo Washigton Wizards por 93 a 89, jogando na capital federal dos Estados Unidos.

Iverson reclama de “Dor na bunda” de tanto ficar no banco

a_iverson

O ala-armador Allen Iverson mal chegou ao Memphis Grizzlies e já está envolvido em polêmicas. O jogador de 34 anos está plenamente recuperado de lesão e mesmo assim tem ficado no banco de reservas de sua nova equipe, o que gerou indignação do camisa 3 da equipe.

“Não tenho mais problemas nas costas. Só o que me dói é a bunda de tanto tempo que tenho ficado no banco de reservas. Não sou um sexto homem. É tudo que posso dizer”, esbravejou o ala-armador, contratado como principal reforço dos Grizzlies para a temporada.

Para comprovar que não é jogador para ficar no banco de reservas, Iverson recorreu ao seu histórico na NBA, onde defendeu o Philadelphia 76ers e o Denver Nuggets, e acumulou uma média de 27 pontos por jogo em 41,4 minutos em cada partida.

Desde que começou o campeonato atual do principal basquete no mundo, ele jogou 28 minutos da primeira partida e 18 na segunda, obtendo uma média de 14,5 pontos por jogo. “Vejam a minha carreira e verão que não sou um sexto jogador. Não tem nada a ver com egoísmo, apenas com a minha maneira de ser”, cravou.

O treinador do Memphis Grizzlies, Lionel Hollins, evitou polêmica com um de seus principais jogadores. “Meu trabalho é treinar a equipe. Tenho que tomar as decisões e nem todos ficarão felizes. Não falarei mais sobre o Iverson. Estou cansado de comentar o que ele diz. Ele tem o direito de dizer o que quiser”, desviou.

 

 

Anúncios
Categorias:NBA Tags:
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: