Início > Uncategorized > Pré-Jogo: Ucrânia x Grécia

Pré-Jogo: Ucrânia x Grécia

 
Ucrânia e Grécia se enfrentam em busca de uma vaga na Copa do Mundo de 2010. O primeiro jogo será em Atenas, dia 14 e o jogo de volta em Shakhtar, dia 18.

 

 
Ucrânia

 

A Seleção Ucraniana de Futebol só disputou sua primeira partida oficial após o fim da URSS, em 1994. Mesmo sendo grande parte dos jogadores da Seleção Soviete de origem ucraniana, após a criação da seleção local os resultados não foram os mesmos. Duas tentativas fracassadas de classificação à Copa em 1998 e em 2002.Nas Eliminatórias para a Copa da Alemanha, em 2006, a Ucrânia terminou em 1º lugar em seu grupo, que contava com Turquia, Dinamarca e Grécia como favoritas. A classificação inédita e direta para a Copa fez com que a Seleção Ucraniana chegasse à Alemanha como uma das candidatas à zebra. E foi o que aconteceu.


 Apesar da elástica derrota na estréia diante da Espanha, por 4×0, os ucranianos embalaram duas vitórias seguidas, contra Arábia Saudita e Tunísia, terminando na segunda colocação do Grupo H. O avanço as oitavas de final já era um feito histórico para o país. Ainda venceu a Suíça nas oitavas e foi eliminada nas quartas pela Itália.

Desde então, a confiança dos ucranianos triplicou. A ambição por uma segunda participação em Copas do Mundo é imensa e apesar de a classificação não ter vindo diretamente, a atual campanha é vista com bons olhos já que tinha como concorrente em seu grupo a poderosa Inglaterra. A experiência de Andriy Shevchenko é um dos diferenciais da Ucrânia nesta repescagem. Que venham os gregos. 

 

 Convocados para a disputa da repescagem: 

 

 Goleiros: Andriy Pyatov (Shakhtar Donetsk), Rustam Khudzhamov (Shakhtar Donetsk), Stanislav Bogush (Dynamo Kiev). 

 

Defensores: Dmytro Chygrynskiy (Barcelona-ESP), Vitaliy Mandzyuk (Dynamo Kiev), Evgen Khacheridi (Dynamo Kiev), Vasyl Kobin (Shakhtar Donetsk), Yaroslav Rakytsky (Shakhtar Donetsk), Oleksander Kucher (Shakhtar Donetsk), Vyacheslav Shevchuk (Shakhtar Donetsk), Andriy Rusol (Dnipro Dnipropetrovsk), Hryhoriy Yarmash (Vorskla Poltava). 

 

Meio-campistas: Anatoly Tymoschuk (Bayern de Munique-ALE), Olexiy Gay (Shakhtar Donetsk), Olexandr Aliev (Dynamo Kiev), Oleh Gusev (Dynamo Kiev), Andriy Yarmolenko (Dynamo Kiev), Taras Mykhalyk (Dynamo Kiev), Ruslan Rotan (Dnipro Dnipropetrovsk), Igor Khydobiak (Karpaty Lviv). 

 

Atacantes: Andriy Shevchenko (Dynamo Kiev), Artem Milevskiy (Dynamo Kiev), Volodymyr Homenyuk (Dnipro Dnipropetrovsk), Evgen Seleznev (Dnipro Dnipropetrovsk). 

 

 Principal Jogador

Andriy Shevchenko
  
 Idade: 33 anos
Clube: Dínamo Kiev – UCR
Títulos: 5 Campeonatos Ucranianos, 4 Copas da Ucrânia, 1 UEFA Champions League, 1 Copa da Itália, 1 Supercopa Européia, 1 Supercopa Italiana, 1 Campeonato Italiano, 1 Copa da Liga Inglesa e 1 Copa da Inglaterra.

 

 

   

 

Grécia A Seleção Grega não tem muita experiência em competições internacionais de futebol. Seu elenco ao longo dos tempos, apesar de competitivo, poucas vezes disputou competições a nível mundial. Na única vez em que participou de uma Copa do Mundo, em 1994, foi o saco de pancadas de seu grupo. Derrotas para Argentina, Bulgária e Nigéria. Nenhum ponto conquistado, nenhum gol marcado e incríveis dez sofridos. 

 

Nos últimos anos, a situação foi um pouco diferente. Com a conquista da Eurocopa 2004 sobre Portugal muito se acreditou que aquela seleção seria a revolucionária da história grega. E não deixou de ser, até porque aquele foi o único título da história do país. Mas o que pouca gente esperava aconteceu no ano seguinte, com a não classificação da equipe à Copa da Alemanha. O quarto lugar no grupo desmoronou a autoconfiança dos gregos e adiou por pelo menos mais quatro anos o sonho de voltar a participar de uma Copa do Mundo.


 Contando com a sorte, a Grécia caiu em grupo sem nenhum grande favorito, nas Eliminatórias Européias para a Copa de 2010. Quatro seleções de baixíssima expressão e a Suíça, incógnita até o início da competição. Depois de dez jogos, novamente um fracasso grego. Terminou um ponto atrás da Suíça e terá de passar por repescagem. 

 

 Convocados para a disputa da repescagem:

Goleiros: Kostas Chalkias (PAOK), Michalis Sifakis (Aris) e Alexandros Tzorvas (Panathinaikos)
  
Defensores: Sotiris Kyrgiakos (Liverpool-ING), Evangelos Moras (Bologna-ITA), Sokratis Papastathopoulos (Genoa-ITA), Loukas Vintra (Panathinaikos), Nikos Spiropoulos (Panathinaikos), Vasilis Torosidis (Olympiacos) e Avraam Papadopoulos (Olympiakos)
  
Meio-campistas: Grigoris Makos (AEK), Kostas Katsouranis (Panathinaikos), Giorgos Karagounis (Panathinaikos), Sotiris Ninis (Panathinaikos), Alexandros Tziolis (Panathinaikos) e Vassilis Pliatsikas (Schalke 04-ALE)
  
Atacantes: Angelos Charisteas (Nuremberg), Giorgos Samaras (Celtic-ESC), Theofanis Gekas (Bayer Leverkusen-ALE), Dimitris Salpingidis (Panathinaikos), Kostas Mitroglou (Olympiacos) e Vasilis Koutsianikoulis (PAOK).

 

 

 Principal Jogador

Konstantinos Katsouranis

 Idade: 30 anos
Clube: Panathinaikos – GRE
Títulos: Taça da Liga Portuguesa, Eurocopa 2004.

  . 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Anúncios
Categorias:Uncategorized
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: